Fixolimpíadas Rio 2018

Fixolimpíadas Rio 2018

Save the date! De 14 a 18 de novembro de 2018 o Rio sediará as Fixolimpíadas! Sim, olimpíadas só de bike fixa.

Bike fixa? Que parada é essa?

Uma bike como nenhuma outra, onde você e ela são uma coisa só. Não tem marcha, ou seja, viu uma ladeira na frente, força nas pernas, meu amigo, não tem molezinha! E é fixa mesmo, ou seja, não tem aquela pecinha chamada cassete (k7, catraca…) ou roda livre, então conforme você pedala a bike anda, assim que você para de pedalar a roda traseira trava e a bike para (ou você continua deslizando no asfalto, rs). Se pedalar para frente, vai para frente, se pedalar para trás, é bom saber o que está fazendo… Alguns ainda utilizam freio na dianteira para ajudar, quem já está mais acostumado não utiliza nenhum freio. Para competições não são permitidos freios.

A geometria das bikes e construção do quadro são parecidos com as speed, mas com algumas diferenças básicas: a gancheira é horizontal (para ajudar a posicionar a roda traseira e tensionar a corrente na medida certa); o eixo central é um pouco mais alto; o cubo da roda traseira utiliza um pinhão fixo (ou em alguns casos um pinhão fixo de um lado e uma roda livre do outro, para quem quer alternar o tipo de pedalada). Já falei que não tem marcha, logo também não tem 2 ou 3 coroas nem câmbios, nem sti ou passadores.

Entre outras coisas: fixa é uma bike diferente. E muito legal de se pedalar, não tem comparação. Pedalar uma fixa nas ruas ou uma bike própria para pista em um velódromo é como reaprender a pedalar. Mas logo você aprende e ai se apaixona. Ou melhor, ama ou odeia. Mas é bem capaz de se apaixonar e não querer mais largar.

Você sente a bike, você administra o ritmo e tem que saber respeitar o ritmo que a bike ou o percurso te exige. E tem que ser muito safo!

Mas chega de falar sobre fixa. Chega nada! Estamos aqui para falar de fixa.

E como em outras edições das Fixolimpíadas, agora chegou a vez do Rio. Serão várias competições em estilos diferentes, com características muito próprias. E garantia de diversão. Quedas não são opcionais, mas acontecem.

Entre as modalidades, haverá uma etapa em estrada. Na estrada serão 46 km para a cat 1 e 23 km para a cat 2 (feminino e masculino). Ao longo do percurso haverá apoio de ambulância para garantir segurança e o suporte necessário em caso de qualquer problema.

Veja o seguimento no STRAVA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *